Blog

A física quântica



A física quântica é a física das possibilidades, e sua mensagem incontroversa é que temos potencialmente a liberdade de escolher dentre essas possibilidades, resultados que podem ser vivenciados. Com certeza, isso ajuda a dar forças para algumas pessoas que precisam fazer mudanças pessoais, buscando a iluminação espiritual ou a salvação de que falam as tradições. Mas são poucos aqueles que ouvem os clarins da transformação espiritual. E os demais? E aqueles que preferem formas mundanas de significado para resolver problemas mundanos?
A verdade é que temos realizado atos individuais de transformação espiritual em pequena escala há milênios. Continue lendo “A física quântica” »

O tempo

O tempo

Todo mundo sempre achou que todos os bens da natureza eram inesgotáveis, mas o tempo é a prova de que tudo tem um fim. Então o tempo é a coisa mais preciosa que temos no planeta.

Por isso me preocupo tanto com a administração do tempo, em gastar o tempo com coisas úteis. Amanhã pode acabar, de repente. Penso assim: faça tudo o que você pode fazer neste dia, seja útil para a vida! Se você não sabe o que está fazendo aqui, perde tempo fazendo coisas inúteis.

Continue lendo “O tempo” »

Nosso comportamento



A maioria das pessoas faz tudo igual, dia após dia, tanto no nosso trabalho, como fora dele. Talvez você goste do ovo preparado em três minutos toda manhã — não em dois ou em quatro minutos. Ou talvez você opte, dia após dia, ano após ano, por não tomar o café-da-manhã.
Alguns de nossos padrões repetitivos são claramente irracionais. Tive um paciente que sempre calçava o pé esquerdo primeiro — tão compulsivamente que se, por engano, calçasse antes o pé direito, ele parava, tirava o sapato e começava tudo de novo com o pé esquerdo. Conheço uma mulher que sai tropeçando pelo quarto escuro para acender a luz — porque ela não quer, não consegue,
acender a lâmpada acima da cabeceira. E daí? Continue lendo “Nosso comportamento” »

A personalidade



Você já percebeu como muitas vezes a pior parte da personalidade de uma pessoa é também o que ela tem de melhor? Pode ser que você conheça um contador cujo caráter retentivo-anal o torna uma pessoa obcecada pelos detalhes e incapaz de contar (ou de entender) uma piada, mas, na verdade, é isso o que faz dele o contador perfeito. Ou talvez você tenha uma tia extravagante, que vive deixando as pessoas constrangidas por falar demais, mas que é também a alegria das festas. A mesma dualidade aplica-se à nossa espécie.

Continue lendo “A personalidade” »